CBO traz novas famílias profissionais : Classificação Brasileira de Ocupações é atualizada com modificações avaliadas ao longo do último ano.

A Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) atualizada em janeiro traz revisões e convalidações realizadas em 2009. No total, há mais de 100 atualizações, que podem ser conferidas no site da classificação. As modificações e inclusões da CBO são elaboradas com a participação efetiva de representantes dos profissionais de cada área, em todo o país.

A atualização e modernização do documento ocorreram para acompanhar as mudanças econômicas, sociais e culturais pelas quais o Brasil passou nos últimos anos, que implicaram modificações estruturais no mercado de trabalho.

Entre as principais atualizações estão a inclusão de novas categorias de tecnólogos, com 87 títulos, e a inclusão dos profissionais da saúde da família, para atender a uma demanda do Ministério da Saúde.

As descrições das profissões são feitas pelo método Dacum - Developing a Curriculum, internacionalmente reconhecido. Aplicado de acordo com a premissa de que "quem melhor descreve o trabalho é quem executa", um facilitador e um relator dirigem um painel de descrição e um painel de validação junto a um grupo de profissionais que exerce a ocupação objeto da descrição para compor o documento.

A CBO é uma ferramenta utilizada de forma enumerativa e descritiva. Na primeira maneira, é essencial para registros administrativos como a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Já na função descritiva, pode ser utilizada pelo Sine na recolocação de trabalhadores no mercado de trabalho, por exemplo.

Além disso, é fundamental para estudos de taxa de mortalidade das ocupações, para o planejamento das conversões e requalificações ocupacionais, na elaboração de currículos, no planejamento da educação profissional. Ainda é utilizada pelo MTE e por outros ministérios, como o da Saúde e da Previdência Social, para a elaboração de políticas públicas.

CBO - A Classificação Brasileira de Ocupações é o documento normalizador do reconhecimento, da nomeação e da codificação dos títulos e conteúdos das ocupações do mercado brasileiro.

O documento contém as ocupações organizadas e descritas por famílias. Cada família constitui um conjunto de ocupações similares correspondentes a um domínio de trabalho mais amplo que aquele da ocupação.


Relação de famílias incluídas ou atualizadas:

Técnicos em Turismo - tecnólogo :Convalidação- 3548

Analistas de Sistemas Computacionais :Convalidação- 2124

Gerentes de Tecnologia da Informação :Convalidação- 1425

Químicos - tecnólogos de processos químicos :Convalidação- 2132

Engenheiros de Minas - tecnólogos :Convalidação- 2147

Gerentes Administrativos, Financeiros e de Riscos :Convalidação- 1421

Engenheiros de Produção, Qualidade, Segurança e afins tecnólogo :Convalidação- 2149

Engenheiros Químicos - tecnólogos em produção sucroalcooleira :Convalidação- 2145

Engenheiros Metalurgistas e de Materiais - tecnólogos :Convalidação- 2146

Artistas Visuais e Desenhistas Industriais - tecnólogos :Convalidação- 2624

Produtores Artísticos e culturais - tecnólogos :Convalidação- 2621

Agentes comunitários de saúde :Convalidação- 5151

Terapeutas ocupacionais e afins :Convalidação- 2239

Médico :Convalidação- 2231

Enfermeiros :Convalidação- 2235

Engenheiros Ambientais e afins :Inclusão- 2140

Engenheiros Civis e afins :Convalidação- 2142

Profissionais de Gestão e Segurança Privada e Pública :Convalidação- 2526

Engenheiros de Alimentos e afins :Inclusão- 2222

Chefe de Cozinha e Tecnólogo em Gastronomia :Inclusão- 2711

Professores de nível médio na educação infantil :Convalidação- 3311

Despachantes documentalistas :Convalidação- 4231

Agentes,assistentes e auxiliares administrativos(agente de microcrédito) :Convalidação- 4110

Profissionais polivalentes da confecção de roupas :Convalidação- 7630

Técnicos e auxiliares de enfermagem :Convalidação- 3222



Ministério do Trabalho e Emprego,

Comentários

  1. É, só que acredito que essa atualização ainda não chegou no programa SEFIP, pois estou tentando enviar, e esta aparecendo CBO iválido, e o CBO esta correto de engenheiro ambiental 2140-05, mas só fala que o CBO esta invalido. Já liguei até no ministério do trabalho e ninguem consegue me ajudar!!!

    ResponderExcluir
  2. Existe um sério erro que deve ser corrigido junto ao ministerio do trabalho, me refiro ao auxiliar de enfermagem que atua nos hospitais,e exerce as mesmas atividades do tecnico,os riscos responsabilidades são os mesmos a produtividade a mesma,além dos varios auxiliares terem se habilitado para tecnico no periodo de 2003 a 2008.Aúnica diferença entre estes cargos é o salario menor para o auxiliar.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

As informações disponibilizadas nesse Blog são de caráter genérico e sua utilização é de responsabilidade exclusiva de cada leitor.

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS