Sílica Livre Cristalizada – DDS.


Aspecto Legal:

Nas atividades ou operações nas quais os trabalhadores ficam expostos a agentes químicos, a caracterização da insalubridade ocorrerá quando forem ultrapassados os limites de tolerância constantes do quadro 1 da NR 15.

Todos os valores fixados no Quadro 1 são válidos somente para absorção pela via respiratória e para jornadas de trabalho de até 48 horas semanais.

Efeitos da Poeira:

O pó está constituído por partículas geradas mecanicamente, resultantes de operações tais como:

Moenda, perfuração, explosões e manuseio de minérios, limpeza abrasiva, corte e polimento de granitos, etc.

A maior porcentagem de partículas arrastadas pelo ar, em forma de pó, tem menos de 1 mícron de tamanho.

Devemos ter presente que aquelas partículas de tamanho inferior a 5 mícrons são as de maior importância e as que oferecem maior risco, por constituir a chamada fração respirável. 

As de maior tamanho sedimentam e não são comumente inaladas.

O pó inorgânico de maior importância do ponto de vista da Saúde Ocupacional é a sílica livre cristalizada, a qual se acha em grandes quantidades na crosta terrestre (60 % desta) formando parte de rochas, minérios, areias, tecidos vegetais, etc.

O anidrido de silício (SiO2 ) existe na natureza em 3 formas:

a) cristalizada:
Quartzo – tridimita – cristobalita.

b) criptocristalina:
Calcedônia – trípoli – pedernal.

c) amorfa:
Sílica coloidal - gel de sílica – opala.

A forma cristalizada do quartzo é a de maior risco, causadora de uma pneumoconiose chamada de silicose. 

Entende-se por pneumoconiose a alteração produzida no tecido dos pulmões pela inalação de poeiras orgânicas ou inorgânicas.

Esta alteração pode ser uma fibrose pulmonar ou um depósito de material inerte, que não altera a função pulmonar.

Entre estes dois estados, existe uma variedade de danos aos pulmões.

Além da sílica, outros compostos de silício, alguns silicatos, podem atuar sobre os pulmões, produzindo uma pneumoconiose; pode-se citar o asbesto, causador de fibrose pulmonar incapacitante e com evidências já bastante comprovadas de produção de câncer pulmonar.

Outros silicatos de importância são o talco, a terra de infusórios (formada principalmente de conchas de unicelulares), a mica, etc.

Assim sendo, não deixe de utilizar os protetores respiratórios nas atividades com sílica.

Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS