Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

O QUE É A AVALIAÇÃO GLOBAL DO PPRA?

A credito que o PPRA seja o documento mais elaborado na área de Segurança do Trabalho e infelizmente com diversas falhas e vícios. Um dos problemas bem frequente é a avaliação global. É bom mesmo professor, tenho muita dúvida de como fazer esse negócio. Ok, meu filho, então vamos por partes. A análise global nada mais é do que o balanço final do documento, justificando o que não deu certo e indicando os novos prazos. Detalhando um pouco mais: Você sabe que o PRRA tem por base a Antecipação, Reconhecimento, Avaliação e Controle, pois bem, todas estas etapas deveriam ter suas ações indicadas no cronograma do documento. As primeiras três etapas não têm muita desculpa, nós não temos como dizer que não conseguimos antecipar os problemas (exemplo: listar quais os problemas na instalação de uma máquina que virá a ser instalada), que não reconhecemos os problemas (exemplo: este não tem desculpa mesmo, como vamos dizer que não identificamos ruído, calor, produtos químicos, etc) e por fim a av…

Quem é rico? DDS para Reflexão.

Um dia um pai de família rica levou seu filho para viajar para o interior com o firme propósito de mostrar quanto as pessoas podem ser pobres. Eles passaram um dia e uma noite na fazenda de uma família muito pobre. Quando retornaram da viagem o pai perguntou ao filho: Como foi a viagem? Muito boa, Papai! Você viu como as pessoas pobres podem ser? o pai perguntou. O filho: Sim. E o que você aprendeu? - o pai perguntou. O filho respondeu: Eu vi que nós temos um cachorro em casa, e eles têm quatro. Nós temos uma piscina que alcança o meio do jardim, eles têm um riacho que não tem fim. Nós temos uma varanda coberta e iluminada com luz, eles têm as estrelas e a lua. Nosso quintal vai até o portão de entrada, eles têm uma floresta inteira. Quando o pequeno garoto estava acabando de responder, seu pai ficou estupefato. O menino acrescentou: Obrigado pai por me mostrar quanto pobre nós somos! Não é verdade que tudo isso depende da maneira como você olha para as coisas? Se você tem amor, amigos, família, saú…

Governo planeja aliviar punição pelos acidentes de trabalho.

Diante do agravamento da crise econômica, o governo estuda um conjunto de medidas para ajudar as empresas e deve afrouxar as regras do Fator Acidentário de Prevenção (FAP). Essas regras estão em vigor há oito anos e punem empregadores que apresentam índices de acidentes de trabalho superiores à média do seu setor, com a cobrança de uma contribuição maior. A ideia é diminuir o impacto da punição no caixa das empresas. A primeira mudança é a aplicação do fator por filial — e não sobre a folha de pagamento de toda a empresa (com base no CNPJ da matriz), como acontece hoje. Essa alteração na regra do FAP deve ser aprovada hoje na reunião do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS). Vai beneficiar sobretudo montadoras, bancos e também estatais e empresas públicas, como a Petrobras e os Correios. Outra medida em estudo é a retirada dos acidentes de trajeto do cálculo do FAP. A expectativa do setor produtivo é que essa mudança seja aprovada no dia 24 de setembro, na próxima reunião do Co…

Você sabia que existe um Projeto de Lei que proíbe salário menor para empregado readmitido após demissão.

A Câmara analisa o Projeto de Lei 3833/12, do deputado Geraldo Resende (PMDB-MS), que estabelece que a remuneração de empregado readmitido não poderá ser inferior à do contrato rescindido há menos de seis meses. Pela proposta, a determinação valerá também para empregado demitido e contratado por empresa integrante do mesmo grupo econômico. A proposta acrescenta artigo à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT - Decreto-lei 5.452/43). De acordo com o autor do projeto, há empresas que se utilizam de manobras escusas para burlar a Lei e reduzir a remuneração de empregados. “Para tanto, rescindem o contrato de trabalho e, pouco tempo depois, o recontratam com salário menor, seja diretamente, seja por meio de outra empresa integrante do mesmo grupo econômico”, afirma. O deputado lembra que, conforme a Constituição, a redução de salário só é admitida se houver disposição nesse sentido em convenção ou acordo coletivo de trabalho. Tramitação - O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será anal…

SOLVENTES COMUNS - DDS.

Os solventes são líquidos e tem a propriedade de dissolver substâncias sem alterar sua natureza. A água dissolve o sal. Se você ferver a água até secar, você terá o sal de volta como era antes. A água é o mais comum dos solventes, mas só funciona com determinados produtos. Se você utilizar a água para dissolver uma graxa, óleo ou gorduras não terá sucesso devido às características químicas destes produtos. Assim, a água não funciona como solvente para graxas, óleos e gorduras. Temos que recorrer a outros tipos de solventes. O álcool, a nafta e assim por diante são excelentes solventes, porém tem suas desvantagens. Todos esses solventes são perigosos dependendo da quantidade, local onde são manuseados. Estes solventes são chamados de solventes orgânicos por serem derivados do petróleo, constituído basicamente de cadeias de carbono. Eles se queimam, podem causar explosões e principalmente são muito tóxicos para o organismo. Todos são úteis e podem ser usados se alguns cuidados de segurança …

Ter um emprego ruim é pior para a saúde do que estar desempregado.

O mercado de trabalho tem cada vez mais se tornado um lugar difícil de ingressar. Com o desemprego subindo, é comum que pessoas queiram se manter em empregos que não gostam apenas para não estarem sem trabalho. Mas essa prática cria uma vítima: a sua saúde. Para Stephen Bevan, pesquisador especializado em performance no ambiente de trabalho, nem sempre ter um emprego ruim é melhor do que não ter emprego algum. “Controle, autonomia, desafio, variedade e autorealização são fundamentais para um ambiente saudável”, diz ele. “Existe uma clara ligação entre estar em um bom emprego e saúde mental”, escreveu Stephen para o Mashable. “O pensamento popular é de que estar desempregado é algo ruim. Com certeza é, como sabemos, para o bolso. Também é ruim para a autoestima, dignidade, inclusão social, relacionamentos e saúde. Assim, baseado nisso, é bem recebido o pensamento de que ‘qualquer trabalho é um bom trabalho'”, explica ele. Apesar da impressão de que essa é uma forma de permanecer conec…

O PROBLEMA DO TEMPO – DDS.

Ao lermos as Súmulas 47 e 364 do TST, transcritas a seguir, percebemos: Súmula 47 - O trabalho executado, em caráter intermitente, em condições insalubres, não afasta, só por essa circunstância, o direito à percepção do respectivo adicional. Súmula 364 - Faz jus ao adicional de periculosidade o empregado exposto permanentemente ou que, de forma intermitente, se sujeita a condições de risco. Indevido, apenas, quando o contato dá-se de forma eventual, assim considerado o fortuito, ou o que, sendo habitual, dá-se por tempo extremamente reduzido. Que a exposição ao risco, ainda que intermitente, gera o direito aos adicionais de insalubridade e periculosidade, não havendo direito apenas se a exposição for esporádica. No entanto, não temos um critério bem definido de quando o evento deixaria de ser intermitente para ser esporádico. Pesquisando atrás do Dicionário Aurélio encontramos que intermitente significa: que apresenta interrupções ou suspensões; não contínuo, já a palavra esporádico, signi…

SÓ COM O APOIO MÚTUO.

Imagine uma manhã de trabalho como qualquer outra de um profissional que Logo cedo entrega os EPIs (7h30), depois abre as Permissões de Trabalho (7h50), em seguida faz uma ronda pela empresa (8h20), finalmente chega no computador para ler os e- mails e atualizar os planos de ação (9h10). Volta para o processo, pois um líder de produção está reclamando que o terceirizado está utilizando uma escada inadequada para o serviço, regulariza a situação e volta para computador para abrir o relatório de incidente do ocorrido (10h40).

Depois de preparar relatório imprime a planilha para realizar a inspeção dos extintores, após o almoço. Um dia normal na vida de muito profissional de segurança do trabalho, mas vamos olhar o que estava acontecendo em paralelo a toda esta atividade realizada pelo nosso amigo ou por qualquer um de nós. Às 7h30 a gerente de logística quase caiu ao subir a escada com o salto, por sorte um trabalhador estava ao lado e a segurou na hora do desequilíbrio. Logo em seguida, às

Cochilar no trabalho pode ser bastante exaustivo.

Durante mais de uma década, pesquisas comprovaram os benefícios de cochilar no trabalho. Mais um estudo, divulgado neste trimestre pela Universidade de Michigan, mostrou que os participantes que tiraram um cochilo de uma hora lidaram melhor com tarefas frustrantes do que quem não cochilou. A ciência sabe que o sono na metade do dia produz diversos benefícios, inclusive a melhora da memória, o aumento do nível de alerta e a redução de equívocos. Há também algumas evidências de que os cochilos ajudam na criatividade e na solução de problemas. Por outro lado, os pesquisadores descobriram que os trabalhadores perdem 11,3 dias de trabalho por causa da privação do sono. Como resultado dessas descobertas, incontáveis artigos ao longo dos anos imploraram que os funcionários administrativos cansados tirassem um intervalo para cochilar — tudo em nome do aumento da produtividade. Mas quem de fato faz isso? Eu não faço. Para verificar o porquê de todo esse alvoroço em relação aos cochilos, testei um re…

Como o cérebro mede o tempo - DDS autoajuda.

Cérebro humano mede o tempo por meio da observação dos movimentos. Se alguém colocar você dentro de uma sala branca vazia, sem nenhuma mobília, sem portas ou janelas, sem relógio... você começará a perder a noção do tempo. Por alguns dias, sua mente detectará a passagem do tempo sentindo as reações internas do seu corpo, incluindo os batimentos cardíacos, ciclos de sono, fome, sede e pressão sanguínea. Isso acontece porque nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento dos objetos, pessoas, sinais naturais e da repetição de eventos cíclicos, como o nascer e o pôr do sol. Compreendido este ponto, há outra coisa que você tem que considerar: Nosso cérebro é extremamente otimizado. Ele evita fazer duas vezes o mesmo trabalho. Um adulto médio tem entre 40 e 60 mil pensamentos por dia. Qualquer um de nós ficaria louco se o cérebro tivesse que processar conscientemente tal quantidade. Por isso, a maior parte destes pensamentos é automatizada e não aparece no índice de eventos do dia e portanto,…