SEGURANÇA NO TRANSITO - DDS.

Todos os dias, a todo momento nos deparamos com riscos os mais variados e, muitos deles estão fora do trabalho, estão na nossa casa, na escola, no convívio social e sobremaneira no dia a dia do trânsito.
 
Cada um de nós, diariamente percorre um trajeto para chegar e para voltar do trabalho.
 
Dessa forma, estamos frequentemente convivendo com os riscos das ruas e estradas. Seguidamente ficamos sabendo que um colega, um amigo próximo ou até mesmo um familiar se envolveu num acidente de trânsito.
 
Nós todos sabemos o quanto é importante reduzirmos os transtornos provocados por esses acidentes, só que eles continuam acontecendo e muitos de nós permanecemos  pensando  que essas coisas acontecem apenas com os outros, conosco dificilmente acontecerá.
 
O quê podemos fazer para contribuir com números melhores, com situações menos arriscadas e com menos sofrimentos e prejuízos?
 
Nada muda sem metas e objetivos definidos.
 
Somente mudamos alguma coisa quando assumimos responsabilidades, isso pressupõe fazer alguma coisa mesmo que signifique fazer o mínimo.
 
Melhorar a segurança do trânsito – essa meta é nossa.
 
Como podemos alcançá-la?
 
Respeitar os outros, as regras e a sinalização são um bom começo;
 
Não ingerir bebida alcoólica antes de dirigir;
 
Responsabilizar-se pelo veículo mantendo-o em boas condições de manutenção;
 
Não usar o automóvel para exibição e sim para deslocamentos tranquilos;
 
Colaborar com campanhas de prevenção orientando os desatentos, comprometendo todos na busca pela preservação da vida;
 
Sempre que puder,  pensar no assunto e assumir uma postura de mudança.
 
Pense nisso, comente esse diálogo com seus colegas. Isso valerá a pena!
 
 
Para uma categoria profissional a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado!
Pense nisso! 

Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS