O que a vida me ensinou - DDS de reflexão.


Às vezes acontecem coisas na nossa vida que dilaceram nosso coração... A gente se entrega plenamente à vida e ela nos ensina. Em alguns casos, de forma amarga, acerba; mas sempre com um propósito de plenitude.
 
E a avalanche de reflexões nos inunda o ser ainda mais intensamente perante a angústia, a sensação de perda, a dor profunda no peito. E aí, inicia-se o processo... O crescimento interior parece inevitável.
 
Novos horizontes podem eclodir, novas possibilidades, nova postura, nova atitude... Mas tudo é um processo... E o tempo é o maior amigo da dor... Ele cura ferida, promove novo alento e está sempre presente seja no passado ou no futuro, acolhendo e apaziguando todo sofrimento por mais pungente que seja. Não há momento igual.
 
Pode haver sensações parecidas, mas cada momento é único em nossas vidas.
 
Cada reflexão um novo ensejo.
 
Cada ensejo novo processo.
 
E este é o ciclo da vida.
 
Onde cada um escolhe seus caminhos.
 
Que implica no caminho do outro.
 
Que faz da vida uma teia, uma teia intrincada que faz as coisas acontecerem e que podem dilacerar nosso coração.
 
Lidia Monteiro
 
Para uma categoria profissional a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado!
Pense nisso! 

Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS