Somos membro de equipe multidisciplinar de segurança do trabalho com vasta experiência em projetos de gestão na área da Prevenção de Acidentes, possuímos portfólio completo visando assessorar sua empresa na tomada de decisões relacionadas a SMS.
Desenvolvemos projeto de Segurança e Prevenção, acompanhamos o andamento dos trabalhos e realizamos treinamentos.
Contato:
marciovaitsman@yahoo.com.br - marciovaitsman@gmail.com - http://twitter.com/SMSeg
PEDOFILIA, DENUNCIE. DISQUE 100

16 de março de 2016

NORMAS DE SEGURANÇA - ADQUIRA ESTE HÁBITO - DDS.

Não temos dúvidas de que, quando falamos de segurança, como parte integrante das atividades no trabalho, todos concordam quanto à necessidade de prevenir acidentes. Mas em certos momentos há colaboradores que conscientes ou inconscientemente deixam de observar certas normas de segurança, o que pode causar sérios acidentes.
 
Se um determinado colaborador em certos momentos ignora algumas normas de segurança, na maioria das vezes ele e seus familiares serão os maiores prejudicados.
 
A este colaborador gostaríamos de fazer as seguintes perguntas:
 
Cortaria seus dedos mínimos por achar que não os usa frequentemente?
 
Deixaria que lhe cortasse as pernas, pois realiza suas atividades na maioria das vezes sentadas?
 
Gostaria de ser diferente, passar o resto de sua vida com um olho natural e outro de vidro?
 
Gostaria de ter uma marca em seu corpo que o fizesse lembrar para sempre da última empresa em que trabalhou? Certamente, ninguém daria respostas afirmativas.
 
Quando falamos em prevenção de acidentes, não podemos medir exatamente o sucesso desta prevenção. Podemos medir os fracassos através dos coeficientes de frequência ou gravidade dos acidentes.
 
Não temos fórmula para saber quantos dedos deixaram de ser decepados, quantos olhos permaneceram intactos, quantas dores e sofrimentos foram evitadas e quantas vidas foram salvas.
 
Lembre-se: seguir fielmente as normas de segurança, usar EPI´S adequados, praticar ações preventivas, conscientizar que eu sou o principal responsável por minha integridade física e que quando me precavenho em não me acidentar os maiores beneficiados são: “Meus familiares e eu”.
 
Para uma categoria profissional a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado e, quem não luta pelo seu direito, não é digno dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As informações disponibilizadas nesse Blog são de caráter genérico e sua utilização é de responsabilidade exclusiva de cada leitor.