Somos membro de equipe multidisciplinar de segurança do trabalho com vasta experiência em projetos de gestão na área da Prevenção de Acidentes, possuímos portfólio completo visando assessorar sua empresa na tomada de decisões relacionadas a SMS.
Desenvolvemos projeto de Segurança e Prevenção, acompanhamos o andamento dos trabalhos e realizamos treinamentos.
Contato:
marciovaitsman@yahoo.com.br - marciovaitsman@gmail.com - http://twitter.com/SMSeg
PEDOFILIA, DENUNCIE. DISQUE 100

2 de março de 2016

PADRÕES MÍNIMOS DE SEGURANÇA NO USO DE FERRAMENTAS - DDS.


USO DE LIXADEIRA PORTÁTIL:
 
Verificar condições do cabo de alimentação, tomadas e proteção.
 
Verificar - se compatível com o disco e as condições do mesmo (trincas, faixa limite, fixação do disco) e não esquecer a chave de aperto na porca de fixação.
 
Não dirigir o fluxo de fagulhas para cilindros de gases ou produtos inflamáveis.
 
Sempre que estiver em repouso, deixá-la com o disco para cima.
 
Quando em trabalho, utilizar o menor ângulo em relação à peça para evitar a quebra do disco.
 
Cuidado para não atingir pessoas que estejam próximas.
 
Utilizar material de segurança adequado ao serviço.
 
TROCA DE LÂMPADAS E REPARO EM ILUMINAÇÃO:
 
Manter desligado o circuito a ser reparado.
 
Colocar cartão de bloqueio na chave principal.
 
Verificar condições de uso das ferramentas e escada.
 
Tensões não compatíveis causam acidentes, verificar tensão nominal das lâmpadas.
 
Lâmpadas quentes podem explodir o bulbo.
 
Lâmpadas queimadas devem ser colocadas no lixo.
 
Usar luvas de pano para retirar e colocar lâmpadas.
 
Para executar reparos em locais altos, usar escadas e cinto de segurança.
 
Nunca executar reparos ou troca de lâmpadas uma só pessoa.
 
Não usar chave néon para testes, usar multitest.
 
UTILIZAÇÃO DO ESMERIL DE COLUNA:
 
Após a partida, deixar funcionar mais ou menos 30 segundos livre para completar a rotação e verificar possíveis vibrações, desbalanceamentos e fixação.
 
Sempre usar viseira e luvas quando necessário.
 
Não utilizar a face lateral do rebolo.
 
Posicionar a peça a ser esmerilada corretamente sobre o suporte de apoio.
 
Manter abertura máxima de 03 mm entre o suporte de apoio e rebolo.
 
Não usar força em excesso sobre o rebolo.
 
Não permitir a presença de pessoas próximas ao esmeril, quando este estiver sendo utilizado.
 
Jamais duas pessoas podem usar o esmeril simultaneamente.
 
UTILIZAÇÃO DE FURADEIRA DE COLUNA:
 
Observar as condições de operação da máquina e ferramentas auxiliares.
 
Usar os equipamentos de segurança recomendados.
 
Fixar a peça a ser trabalhada na bancada com o auxílio de parafusos ou morsa.
 
Após posicionar a peça, travar os braços giratórios da furadeira e da mesa.
 
Operar sempre com velocidade compatíveis ao material a ser usinado e o diâmetro da broca.
 
Nunca limpar a ferramenta com a máquina em operação.
 
USO DE MAÇARICO:
 
Colocar os cilindros no carrinho, montar manômetros e maçaricos, verificar existência de válvula de retenção.
 
Retirar pressão dos manômetros antes de abrir as válvulas dos cilindros.
 
Inspecionar as mangueiras e verificar se não há vazamentos.
 
Usar todos os EPI’s indicados.
 
Não acender o maçarico próximo aos cilindros, óleo ou graxa.
 
Observar a existência de pessoas próximas, para que não sejam atingidas.
 
Após o uso de maçarico, fechar as válvulas dos cilindros e retirar a pressão dos manômetros.
 
USO DE FURADEIRA:
 
Verificar condições do cabo de alimentação, tomadas e plugs.
 
Observar se as brocas a serem utilizadas estão em condições de uso.
 
Verificar as características do material a ser furado para utilização de broca adequada.
 
Após a Colocação da broca, apertar com mandril apropriado, não esquecer de retirar o mesmo após aperto da broca.
 
Usar os equipamentos de segurança recomendados.
 
Se for necessário utilizar preparado para resfriamento da área a ser furada.
 
Posicionar-se adequadamente para evitar quedas e quebra da broca.
 
Operar sempre com velocidade compatíveis ao material a ser usinado e ao diâmetro da broca.
 
 
Para uma categoria profissional a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As informações disponibilizadas nesse Blog são de caráter genérico e sua utilização é de responsabilidade exclusiva de cada leitor.