SEGURANÇA COM CABOS DE AÇO – DDS.


Os cabos de aço são amplamente usados em vez das cordas de fibra porque possuem maior resistência para o mesmo diâmetro e peso.
 
Sua resistência é constante, molhado ou seco e permanece a mesma sob condições climáticas variáveis e possuem maior durabilidade. Porém, este material deverá ser inspecionado diariamente quanto ao desgaste.
 
Uma inspeção completa deve cobrir os seguintes pontos:
 
Há evidências de corrosão, desgaste ou dobraduras? Um cabo que foi dobrado não pode ser reparado;
 
Existem arames quebrados? Se houver, substitua o cabo de aço, se o mesmo não satisfizer os padrões de segurança estabelecidos;
 
O cabo foi lubrificado corretamente?
 
O cabo deve ser mantido lubrificado adequadamente para evitar a corrosão;
 
Qual é a condição das emendas e conexões?
 
Qualquer observação de danos corrija-os;
 
Há evidência de que o cabo de aço tenha sido esmagado, achatado, aberto formando gaiolas ou apresenta qualquer outro dano causando sua distorção? Se houver substitua-o;
 
Os empregados usam proteção para os olhos, quando necessário? Quando não estiverem sendo usados, guarde-os corretamente para protegê-los contra sujeira, para permitir o pronto acesso a eles e de maneira a permitir uma inspeção visual completa e precisa.
 
Manuseie os cabos de maneira a evitar dobras ou torções.
 
A importância da lubrificação periódica é fundamental para se evitar acidentes.
 
Um cabo de aço possui muitas peças móveis.
 
Toda vez que um cabo é dobrado e esticado, os arames nas pernas do cabo devem deslizar uns contra os outros. Consequentemente deve haver outra  camada de lubrificação em cada peça móvel.
 
Um segundo motivo importante para a lubrificação do cabo de aço é evitar a corrosão dos arames e a deterioração do núcleo, ou alma, de fibra.
 
Um cabo enferrujado é um perigo, porque nenhuma inspeção visual é capaz de determinar a resistência remanescente de um cabo corroído. Nestas condições ele é muito perigoso, pois a ferrugem reduz a área de corte transversal do aço bom restante. Com isso ele pode partir sem aviso prévio.
 
O lubrificante pode ser aplicado através de uma escova.
 
Para instalar os clipes nas laçadas de extremidades dos cabos de aço, faça o seguinte:
 
Aplique o primeiro clipe a uma distância da extremidade morta do cabo, com o parafuso “U” sobre a extremidade morta e com a extremidade viva se apoiando na sela do clipe. Aperte as porcas uniformemente com o torque recomendado;
 
Aplique o segundo clipe o mais próximo possível da laçada, com o parafuso “U” sobre a extremidade morta. Gire as porcas até que fiquem firmes no lugar. Não aperte muito;
 
Espace todos os outros clipes igualmente entre os dois primeiros - eles não devem ficar separados numa distância superior à largura da base do clipe.
 
Gire as porcas, tire a folga do cabo e aperte as porcas uniformemente com o torque recomendado.
 
Todas as sapatas dos clipes devem assentar na extremidade do cabo e ter o tamanho adequado para o diâmetro do cabo.
 
Lembre-se: A distância entre os clipes num cabo de aço deve ser igual a seis vezes o diâmetro do cabo.
 
 
Para uma categoria profissional a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado.

Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS