Somos membro de equipe multidisciplinar de segurança do trabalho com vasta experiência em projetos de gestão na área da Prevenção de Acidentes, possuímos portfólio completo visando assessorar sua empresa na tomada de decisões relacionadas a SMS.
Desenvolvemos projeto de Segurança e Prevenção, acompanhamos o andamento dos trabalhos e realizamos treinamentos.
Contato:
marciovaitsman@yahoo.com.br - marciovaitsman@gmail.com - http://twitter.com/SMSeg
PEDOFILIA, DENUNCIE. DISQUE 100

18 de março de 2017

NORMATIZAÇÃO E ASSUNTOS PARA DDS.


Objetivando ajudar aos colegas seguidores desse blog na elaboração dos Diálogo Diário de Segurança, apresento algumas observações que considero importantes para facilitar a sua aplicação.

O objetivo é lembrar diariamente aos trabalhadores sobre temas específicos de segurança do trabalho que são inerentes as atividades desenvolvidas em canteiro de obras, manutenção civil ou mecânica, etc. visando à eliminação dos possíveis acidentes que possam ocorrer.

COMO PROCEDER:

Todos os dias no começo do expediente, cada encarregado ou fiscal ou mesmo um colaborador, deverá fazer uma breve preleção de assuntos de segurança para seus colegas de trabalho ou liderados, abordando os riscos e cuidados de Segurança aplicáveis às tarefas que serão desenvolvidas naquele dia, além dos meios e procedimentos que serão aplicáveis para a execução dos serviços com segurança.

Cada encarregado ou fiscal deverá retirar no prazo ou conforme combinado, no setor de Segurança, um impresso com um assunto diferente para ler e interpretar o texto para os seus colaboradores, de tal sorte que este seja feito em tempo médio de dez minutos, no início do dia de trabalho, desde que sobre tempo para debater os assuntos que serão realizados no dia.

O objetivo desta rotina é fazer com que a pessoa em nível de fiscalização ou de encarregado esteja comprometida, todos os instantes, com a segurança de seus colaboradores, independente da atuação dos Técnicos de Segurança.

O DDS deverá ser feito diretamente pelos encarregados, fiscais ou qualquer outra pessoa nas frentes de trabalho e não deve ser conduzida pela Segurança, que terá a função de orientar a execução e esclarecer dúvidas que porventura venham a existir.

Após o DDS programado, o profissional responsável pelo grupo de trabalho também dará orientações sobre os EPIs que deverão ser utilizados, bem como todas as medidas de proteção pertinentes para os componentes de sua equipe (andaimes, isolamentos de área, ordem, arrumação e limpeza, proteções rígidas contra a queda de pessoas, ventilação, colocação de cones de sinalização, cavaletes, etc.).

Deverá existir folha de presença com nome, função e assinada pelos presentes, ser anotados o titulo do DDS ministrado no dia.

Esse documento devidamente preenchido deverá ser devolvido para o setor de Segurança ou fiscal, ficando uma cópia para o encarregado o qual administrará o seu arquivo.

RESPONSABILIDADES:

Cabe aos fiscais juntamente com os encarregados, planejar os DDS diariamente, cobrar a presença dos empregados, verificarem sua aplicação e orientar quando for solicitado.

Marcio Santiago Vaitsman



Nenhum comentário:

Postar um comentário

As informações disponibilizadas nesse Blog são de caráter genérico e sua utilização é de responsabilidade exclusiva de cada leitor.