Uso de bonés ou outros materiais entre a cabeça e o capacete



Um lenço de cabeça ou uma bandana não devem afetar as propriedades de absorção de impacto do capacete, desde que esteja bem acomodado no alto da cabeça.

O cuidado deve ser tomado a fim de se evitar colocar objetos entre a suspensão e a cabeça, o que poderia causar pontos da pressão e afetar o desempenho do capacete e conseguinte capacidade de absorção de energia proveniente do impacto, caso ele venha a ocorrer.

Para assegurar o melhor ajuste possível, uma suspensão catraca (Carneira) com ou sem jugular devem ser usados, sem a interferência de quaisquer outros objetos.

Entretanto, o uso de materiais entre a suspensão (carneira) e o casco do capacete, como luvas, maços de cigarros, bonés ou chapéus, também nunca devem ser colocados.

Este espaço é necessário e fundamental para a suspensão (carneira) e o casco absorvem a energia proveniente do impacto que possa ocorrer.

Os objetos neste local podem transmitir toda a força do impacto para a cabeça e o pescoço, resultando em sérios danos, podendo até levar a morte.

Com relação ao C.A., o teste de aprovação para casco e carneira, não contempla nenhuma situação com objetos entre a cabeça e o capacete.

Portanto, não é recomendado o uso de quaisquer materiais entre a cabeça e o capacete.

Com relação à utilização correta do capacete, recomendamos que:

Não utilize nenhum objeto preso sobre a carneira e o casco do capacete, assim como entre a cabeça e a carneira;

Não se utilize nenhum material que possa reagir com o material do capacete, como estampas que possam desbotar e contaminar o EPI;

Não se utilize nada que possa interferir no ajuste do capacete;

Não se utilize nenhuma material que aumente significativamente a massa do EPI ou que desbalanceie o mesmo;

Não utilize casco do capacete para outros fins que não seja proteger o crânio.

Importante salientar que uma das características fundamentais do bom capacete é possuir centro de massa bem definido e que “não canse” o pescoço do usuário.

Portanto, recomendamos não utilizar quaisquer materiais associado ao uso do capacete para não comprometer a sua eficácia, qual seja “Proteger o crânio”.

msanet.com.br 


Devido a pedidos, posto novamente este assunto que parece ser polemico, mas, basta consultar a NR para concluir que são os seguintes os EPI PARA PROTEÇÃO DA CABEÇA:

a) Capacete de segurança para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio;

b) Capacete de segurança para proteção contra choques elétricos;

c) Capacete de segurança para proteção do crânio e face contra riscos provenientes de fontes geradoras de calor nos trabalhos de combate a incêndio.

Dessa forma podemos concluir que o uso do boné entre a cabeça e o capacete pode comprometer ação da carneira, mesmo que não esteja descrito em norma (o boné não possui (C.A), Assim sendo, não pode ser utilizado como IPI.

Conclusão:

Você não vai encontrar isso em nenhum livro, porém, por "Boa Pratica ou Prática Recomendada", o boné não deve ser utilizado sob o capacete. 

Marcio Santiago Vaitsman



Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS