Mais uma tragédia no Rio, você é capaz de imaginar onde será a próxima?



Caros colegas prevencionistas, essa tragédia de ontem aqui no rio não pode e não deve continuar a ocorrer, deve ser evitada a todo custo, mas, para que isso se torne realidade, primeiramente é necessário um trabalho de conscientização dos empresários sobre a importância da prevenção.

Tornar a legislação mais rígida, obrigar que as empresas possuam um plano de contingencia e gestão, ou seja, plano de operação e resposta à emergência que seja tecnicamente bem definido que permita o rápido e eficiente controle das situações de emergência das instalações, elaborado por profissionais capacitados.

Dessa forma, seriamos capazes de estabelecer um conjunto de procedimentos para respostas a essas terríveis ocorrências em quaisquer tipos de estabelecimentos que possam pôr em risco a integridade física de pessoas e patrimônios.

Lembro a todos que não existe risco que não possa ser identificado e controlado, todo e qualquer incidente são previsíveis e evitáveis, apenas 1% dos incidentes que acontecem estão fora de nosso controle, pois são originados pela natureza.

Não posso aqui deixar de informar a todos a importância do sistema de gestão de mudanças – SGM que poucos profissionais conhecem.

O SGM, tem como objetivo básico, estabelecer diretrizes, responsabilidades e metodologia para o gerenciamento das mudanças de modo a assegurar que os riscos potenciais de segurança, meio ambiente e saúde associados a uma mudança simples ou de tecnologia sejam identificados e controlados.

Será que aplicação sistemática desses procedimentos  para identificar, registrar, analisar, avaliar, aprovar, implementar, visando a eliminação ou redução de riscos estavam sendo aplicado nos serviços realizados no Hospital sinistrado?

Dessa forma, neste momento de terrível dor, aproveito para prestar minha solidariedade a equipe de profissionais, pacientes e familiares do hospital Badim. Meus sentimentos pela perda trágica de valiosas vidas.

Marcio Santiago Vaitsman


Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS