LIXO – DDS.


O lixo reúne uma grande variedade de resíduos de atividades humanas e de outras fontes.
 
 
Seu destino conveniente constitui problema sanitário, de conforto e estético.
 
 
Amontoados de lixos lançados no solo, nos quintais, nas ruas ou mesmo nos arredores das cidades, tornam-se incômodos e desagradáveis.
 
 
Devido ao apodrecimento, exalam mau cheiro, além de atrair moscas, mosquitos, baratas, ratos e outros parasitas, podendo tornar-se fontes e vetores de numerosas doenças transmissíveis ao homem, como: gastrenterite, disenteria, amebíase e bacilares, peste e tifo.
 
 
Cada indivíduo da comunidade deve participar da solução desse problema, cuidando adequadamente do lixo de sua casa e colocando-o em recipientes próprios.
 
 
Nas cidades, as autoridades municipais devem estabelecer normas quanto a recipientes, horários, transporte, etc. facilitando a coleta tanto para os carregadores como para a comunidade.
 
 
Uma casa bem construída e mantida em bom estado de conservação e limpeza tem mais possibilidades de ficar livre da presença de parasitas.
 
 
Insetos:
 
 
A colocação de telas nas portas e janelas pode ajudar a impedir a entrada de moscas e mosquitos, em casas situadas em regiões infestadas destes insetos. Deve-se enterrar o lixo em valas, jogar fora ou guardar garrafas e latas emborcadas ou qualquer outro recipiente que possa abrigar insetos. Deve se, também, secar poças d’água, pois estes as utilizam para procriarem-se.
 
 
Roedores:
 
 
As medidas de controle podem ser resumidas em três:
 
 
Eliminação das fontes de alimentação dos roedores; proteção conveniente de alimentos e adequado destino do lixo.
 
 
Assim a eliminação dos locais de procriação e esconderijo com a remoção de materiais que possam servir de abrigo aos roedores é essencial. Exemplo: caixotes, tábuas, canos, tijolos, pedras e outros.
 
 
Se tiverem de ser guardados, deve-se conservá-los em estrados que estejam pelo a menos 40 cm do solo.
 
 
Deve-se extinguir os roedores, porém  uso de armadilhas próprias para roedores (ratoeiras) ou iscas envenenadas.
 
 
Ressaltando que é importante tomar-se todos os cuidado para que não ocorram acidentes com o homem e animais domésticos.
 
 
"Prevencionista, se você gostou, compartilhe esse blog com seus amigos e um dia verá que essa atitude faz parte da sua história”.
 

Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS