Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

EXPLOSÍMETRO.

Instrumento pelo qual se testa, na atmosfera a concentração e a inflamabilidade que está contém. Os testes são realizados sugando-se uma amostra da atmosfera a ser testada sobre um filamento aquecido. Os combustíveis contidos na atmosfera são queimados no filamento que eleva sua temperatura e aumenta a sua resistência, proporcionalmente à concentração de combustíveis na amostra. O desequilíbrio resultante faz com que o ponteiro indicador se mova escala acima. Essa escala é graduada em porcentagem do limite mais baixo da explosão. Como este aparelho mede vapores de combustíveis no ar, não é capaz de medir a porcentagem de vapor em fumaça ou atmosfera inerte, por causa da ausência de oxigênio necessário à combustão na unidade detetora do instrumento. Observe-se também que um recipiente considerado seguro antes do trabalho ser iniciado pode tornar-se inseguro em operações futuras. Outra limitação diz respeito à toxicidade de certa atmosfera não sujeita a explosões, o que não é identificado p…

A bomba de água – DDS de Autoajuda.

Um homem estava perdido no deserto, prestes a morrer de sede. Eis que ele chegou a uma cabana velha, quase caindo aos pedaços, encontrou uma sombra onde se acomodou, fugindo do sol desértico. Olhando ao redor, viu uma velha bomba de água, bem enferrujada. Ele se arrastou até a bomba, agarrou a manivela e começou a bombear, a bombear, a bombear sem parar; nada aconteceu. Desapontado, caiu prostrado, para trás e notou que ao seu lado havia uma velha garrafa. E, na garrafa tinha um recado que dizia: "Meu amigo, você precisa primeiro preparar a bomba derramando sobre ela toda água desta garrafa; depois, faça o favor de encher a garrafa outra vez, para o próximo viajante". O homem arrancou a rolha da garrafa e constatou que ela estava quase cheia! De repente, o dilema. Se bebesse aquela água, poderia sobreviver; mas, se despejasse a água na velha bomba enferrujada e ela não funcionasse morreria de sede. O que fazer? Despejar a água na velha bomba e esperar a água fresca ou beber a água d…

Fiscais apontam grave risco de adoecimento no setor de telemarketing – não posso deixar passar em branco esse assunto que é uma afronta aos poderes públicos e a profissionais de segurança do trabalho.

Imagem
Na central de atendimento da Contax, só se entra com uma garrafa d´água e a roupa do corpo - nada mais. O ponto começa a contar depois que o funcionário liga o computador, coloca o fone no ouvido e digita sua senha. Se atrasar um minuto do horário de entrada, perde bônus. A partir de então, um gerente faz a ronda, ditando ordens em voz alta. E há a ronda virtual: cada palavra dita aos clientes é gravada para que a equipe de escuta possa checar se o funcionário seguiu o script da empresa - e se o fez com um "sorriso na voz". Se estiver num dia triste, perde bônus. As ligações entram continuamente pelo fone de ouvido, só param nos intervalos determinados pela empresa: 20 minutos para o almoço e dois intervalos de 10 minutos para o banheiro ou água. No caso de um chamado da natureza, um cronômetro marca o tempo que o funcionário leva para atender a urgência fisiológica. Para não perder o bônus, alguns preferem trabalhar de fralda geriátrica. Além de perder um complemento important…

O QUE É VIBRAÇÃO - DDS.

Vibração é qualquer movimento que o corpo executa em torno de um ponto fixo, podendo ser regular, do tipo senoidal ou irregular, quando não segue nenhum movimento determinado, como no sacolejar de um carro andando em uma estrada de terra. Um corpo é dito em vibração quando ele descreve um movimento oscilatório em torno de um ponto de referência. O número de vezes de um ciclo completo de um movimento durante um período de um segundo é chamado de freqüência e é medido em Hertz [Hz]. AS VIBRAÇÕES PODEM SER: VIBRAÇÕES DE CORPO INTEIRO – são vibrações transmitidas ao corpo com o indivíduo sentado, em pé ou deitado. Normalmente ocorrem em trabalho com máquinas pesadas tratores, caminhões, ônibus, aeronaves, máquinas de terraplanagem, grandes compressores e máquinas industriais. VIBRAÇÕES LOCALIZADAS – são vibrações que atingem certas regiões do corpo, principalmente as mãos, braços e ombros. Normalmente ocorrem em operações com ferramentas manuais vibratórias: marteletes, britadores, rebitadeiras…

TRABALHADORES MAIS SEGUROS - DDS.

Durante o desenvolvimento industrial houve épocas em que o trabalhador estava exposto a riscos em seu trabalho que nem os supervisores podiam fazer nada para evitá-los. Proteções inadequadas nas máquinas foram às causas de muitos acidentes e mortes. As condições de trabalhos não foram sempre as melhores para a saúde dos trabalhadores. A principio o ciclo dos equipamentos inseguros e as condições de trabalhos foram responsáveis por trinta e seis por cento de todos os acidentes industriais. Os restos foram causados pelos próprios. Na atualidade a situação esta invertida completamente: As empresas reconhecem a importância da prevenção de acidentes, tanto do ponto de vista humanitário como econômico, e com a consciência dos gerentes temos locais mais seguros para trabalhar e com isto houve a redução dos acidentes por condições inseguras para cinco por cento. A indiferença, descuido e falta de conhecimento dos trabalhadores que causam noventa e cinco por cento. O problema principal agora é cons…

Uso exagerado do celular no trabalho pode gerar demissão por justa causa. Ótimo DDS.

Uma cena nada inusitada para os dias atuais me fez refletir sobre o uso do celular durante a jornada de trabalho. Um auxiliar de serviços gerais do prédio em que moro limpava o chão do corredor ao mesmo tempo em que tentava equilibrar o aparelho celular no ombro. Dei bom dia e sequer fui notada. Noutro momento, cansado daquela manobra, segurava o telefone com uma mão e com a outra fazia movimentos de vai-e-vem com o rodo, sem, contudo, conseguir executar com êxito o seu trabalho. Não bastasse isso, mensagens de texto pareciam chegar a todo o momento, provavelmente do WhatsApp, o que deixava aquele homem ainda mais atrapalhado no desempenho da sua função. Olhava aquele quadro ainda com certa preocupação, tendo em vista que o piso estava molhado e cheio de sabão, mas o trabalhador parecia estar mais atento a conversa que mantinha com a pessoa do outro lado da linha. Essa situação perdurou por vários minutos, e pelo visto ainda iria render muito mais, como pude perceber em razão da demora…

Comunique-se para integrar – DDS.

Para as empresas de modo geral, a comunicação é a principal ferramenta para estabelecer parcerias e comprometimentos entre todas as pessoas, independente de seu nível dentro da organização, sempre é tempo para melhorarmos o sistema de comunicação, primeiro para manter o estímulo à motivação e ao comprometimento e segundo para consolidar o processo de melhoria contínua. Quanto melhor for a comunicação, maior será a possibilidade de acerto e melhor será o acompanhamento dos resultados alcançados. Para uma boa comunicação é necessário que se garanta os seguintes critérios: Cultivar o respeito entre pares, líderes e liderados; Estabelecer ambiente de cordialidade receptividade permanentemente; Saber ouvir o colega, o subordinado ou chefe é fundamental; Ninguém é tão autossuficiente que não precise aprender nada, e ninguém é tão deficiente que não possa contribuir com nada; Todas as pessoas têm valores que precisam ser preservados e o comportamento, caminho comum final, deve ser permanentemente …

É bom saber: “Atestado médico da empresa prevalece sobre laudo de clínica particular”.

Um médico particular emite um atestado dizendo que uma empregada deve mudar de função no trabalho. Outro médico, contratado pelo empregador, discorda e diz que a funcionária tem condições de saúde para realizar suas atribuições normais. Ao analisar conflito envolvendo a empresa de telemarketing Contax e uma analista de recursos humanos, os desembargadores da 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará decidiram, por unanimidade, que o atestado do médico de empresa tem prevalência. A empregada procurou a Justiça do Trabalho pedindo uma indenização por dano moral pelo fato de a empresa não ter cumprido as orientações do médico particular. Reivindicava pagamento de R$ 10 mil. "Não caracteriza dano moral o mero dissabor de a empresa ter acatado o atestado médico que não ratificou o laudo de médico particular", explicou na decisão o desembargador-relator Francisco Gomes. Ele destacou que as súmulas números 15 e 282 do Tribunal Superior do Trabalho destacam que a empresa não é…