Resposta - Os veteranos estão assustando os novatos!

Público na integra para os seguidores deste blog, carta recebida em meu correio, a qual concordo em número, gênero e grau, foi a resposta que parece ter sido arrancado de minha mente para esse assunto que havia eu prometido uma resposta. Aí está respondida pela colega Kyria.
 
Bom dia a todos!
 
Acho que tudo na vida depende de vontade, perseverança, coragem e determinação em superar e vencer todos os obstáculos.
 
Um profissional não nasce feito mesmo que tenha o "dom" para a profissão.
 
Tudo nele precisa ser melhorado e aperfeiçoado dia a dia e com o Técnico em Segurança não é diferente.
 
Precisamos deixar de fazer comparações com os outros e buscar o nosso diferencial que permita um ingresso no mercado e para isso tanto faz que sejamos novatos ou veteranos.
 
O que vale é a busca constante por conhecimentos, é não se sentir humilhado por ter que começar de "baixo", é não ter vergonha de reconhecer e admitir os próprios erros porque através deles aprendemos a fazer as coisas certas, é não se deixar abater por um monte de NÃO POSSO, NÃO VOU CONSEGUIR, ESTÁ DIFICIL, NÃO SOU NINGUÉM, FULANO É MELHOR OU MAIS PREPARADO DO QUE EU, e similares.
 
Confiança em si mesmo é a chave que poderá abrir muitas portas. Não se deve confundir confiança em si mesmo com auto-suficiência.
 
Cada pessoa é única, têm características próprias, talentos próprios e não adianta querer ser igual a fulano ou beltrano.
 
Buscar a sua própria identidade, se empenhar naquilo que quer ser, não ter "preguiça" de procurar ser o melhor no que faz e fazer bem feito e não ficar esperando pelos QI's da vida são alguns dos estímulos para atingir objetivos.
 
Na vida nada é fácil e temos que manter a força e a coragem para não desistir das batalhas que fatalmente nos levará ao fracasso total.
 
Boa sorte a todos!
 
Kyria de Fátima
 
 
"Prevencionista, se você gostou, seja um seguidor e compartilhe com seus amigos e um dia verá que essa sua atitude fez parte da sua história”.

Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS