FERRAMENTAS MANUAIS – DDS.


As ferramentas manuais deverão ser usadas para os propósitos para os quais elas foram fabricadas e, deverão ser inspecionadas periodicamente para se verificar se elas não apresentam defeitos.

A ferramenta que apresentar algum tipo de defeito deverá ser identificada como “SEM CONDIÇÕES DE USO” e deverá ser devolvida para a ferramentaria que providenciará os reparos e trocas necessários.

As ferramentas que apresentarem depressões, trincas, rachaduras, cabeças deformadas (em forma de cogumelo), cabos frouxos, soltos ou inexistentes, folgas, lascas e desgastes não deverão der usadas.

Os punções e ponteiros com a cabeça deformada, ou seja, em forma de cogumelo, soltam lascas quando golpeados pela marreta e podem ferir seus olhos e suas mãos.

Esmerilhe as pequenas rebarbas das pontas.

NUNCA IMPROVISE:

Não use ferramentas em mau estado de conservação ou funcionamento.

Devolva a ferramentaria as ferramentas que não estiverem em bom estado.

Existe sempre uma ferramenta adequada para cada tipo de trabalho.

Agindo dessa forma, você estará evitando acidentes graves.

A segurança depende de você!.

Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS