Somos membro de equipe multidisciplinar de segurança do trabalho com vasta experiência em projetos de gestão na área da Prevenção de Acidentes, possuímos portfólio completo visando assessorar sua empresa na tomada de decisões relacionadas a SMS.
Desenvolvemos projeto de Segurança e Prevenção, acompanhamos o andamento dos trabalhos e realizamos treinamentos.
Contato:
marciovaitsman@yahoo.com.br - marciovaitsman@gmail.com - http://twitter.com/SMSeg
PEDOFILIA, DENUNCIE. DISQUE 100

30 de setembro de 2013

Acordo descumprido para nossa reflexão.


Recebi na caixa particular esse correio e como é uma maravilhosa sacada (Montar chapa de oposição com os sindicatos não alinhados), resolvi postar nesse blog, inclusive para mostrar que existem profissionais de talento que embora muito perto da aposentadoria, ainda se preocupam com os destinos da nossa profissão.
 
Profissional de alto desempenho com tempo disponível não se encontra facilmente, sabemos disso, mas se pretendemos mudar essa situação, necessitamos atrair, reter e motivar a classe prevencionistas do nosso estado, igualmente como já e feito em outras cidades brasileiras.
 
Marcio Santiago Vaitsman
 
Posto carta na integra.
 
Porque os sindicatos não "alinhados" não lançam uma chapa de oposição?
 
Os que querem a mudança podem convencer os indecisos e enfrentar a situação...

Sei o quanto essa área é de difícil vivência (acompanhei a luta do Marcio na década dos anos 70, no Rio de Janeiro)...

Evitei me filiar ao Sindicato do DF por não acreditar nas propostas....
 
Enfim, vamos ver se há luz no fim do túnel ou se vamos continuar à mercê dos que nos prejudicaram até agora...
 
George James.
Brasília – DF.

Segunda postagem.

Parabéns Márcio pelas observações, acredito realmente que os Técnicos em Segurança do Trabalho do Rio de janeiro, deveriam se juntar a você e encabeçar uma gestão responsável e promissora para os profissionais deste estado.
 
Valdizar Albuquerque

 
Caros amigos prevencionistas Valdizar e George James:
 
Como já tive a oportunidade de conversar com vocês, existem outros motivos para a satisfação financeira e pessoal, no momento não tenho pretensões em ocupar quaisquer cargos em sindicatos de classe.
 
Desde a década de 70, luto altruisticamente em defesa da regulamentação da profissão, pela melhoria das condições de trabalho, por um  piso salarial justo as nossas responsabilidades, e fundamentalmente por um Conselho Federal exclusivo para a nossa  classe.
 
Penso que enquanto não conseguirmos impor essas reivindicações, será utópico pensar em satisfação plena profissionalmente para todos nós técnicos em Segurança do Trabalho.
 
Marcio Santiago Vaitsman 

 
“Prevencionista, se você gostou, seja um seguidor e compartilhe com seus amigos e um dia verá que essa sua atitude fez parte da sua história”.

29 de setembro de 2013

CUIDADOS AO DIRIGIR CARRO ELÉTRICO NO INTERIOR DA SUA EMPRESSA - DDS.


Devido ao aumento do parque industrial, grandes empresas estão adotando o uso do carro elétrico para facilitar e ou agilizar o deslocamento dos colaboradores por essas extensas áreas.
 
Porém, verificamos que  o uso indiscriminado desses veículos elétricos por colaboradores  que nem carteiras de habilitação possuem, tem causado sérios acidentes.
 
A condução de carros elétricos dentro de qualquer empresa deve ser realizada por condutor  capacitado e habilitado, é necessário o conhecimento das leis e regras de trânsito.
 
Deverá possuir habilitação fornecida pelo estado, ser treinado na condução do carro elétrico e habilitado com carteira emitida pela segurança do trabalho.
 
Ao conduzir esse tipo de veiculo dentro da empresa, a habilitação fornecida pelo SMS da empresa deverá estar afixada no vidro,  só dessa forma,  podemos pensar em reduzir ou eliminar os acidentes com esses ditos carrinhos.
 
Ao circular dentro da empresa, os carros devem permanecer com os faróis acessos e só trafegar em locais permitidos para o transito.
 
Utilize sempre o cinto de segurança. Ao levar passageiros, certifique-se de que todos fazem uso do cinto de segurança.
 
Respeite os limites máximos de velocidade.
 
Mantenha sempre uma distância de segurança do veículo que segue à frente, de modo a permitir que tenha tempo para uma parada de emergência.
 
Trafegue sempre pela sua direita que é o correto e mais seguro e evite realizar  ultrapassagem.
 
Respeite os pedestres, ele tem a preferência dentro da empresa. Nunca imagine que  possa dar tempo para você passar na frente do pedestre.
 
Ao locomover-se conduzindo carro elétrico, é proibido o uso de aparelho celular ou fone nos ouvidos.
 
“Isso é um alerta, posso garantir que carro elétrico não é brinquedo como muita gente pensa que é”.
 
Pense nisso.
 
Ministramos treinamentos teórico e prático para condutores de carros elétricos, entre em contato com o administrador desse blog.


“Prevencionista, se você gostou, seja um seguidor e compartilhe com seus amigos e um dia verá que essa sua atitude fez parte da sua história”.

28 de setembro de 2013

A responsabilidade subsidiária abrange todas as verbas postas na condenação - O contratante é o responsável pelo débito Civil da relação de trabalho dos contratados.

Tendo sido condenada de forma solidária, uma empresa que figurava como segunda reclamada num processo recorreu ao TRT da 2ª Região, aduzindo que nunca manteve relação jurídica com o reclamante, sequer como tomadora de serviços.
 
O desembargador relator Francisco Ferreira Jorge Neto, da 12ª Turma, observou nos autos que o reclamante fora contratado pela primeira reclamada, para trabalhar em obra da segunda. E ressaltou:
 
“Não comungo de que a responsabilidade da tomadora, no caso a recorrente, seja solidária. Fixo-a como subsidiária ante a inteligência da Súmula 331 do TST".
 
Segundo ele, “a empresa tomadora, pela escolha e pela vigilância, é responsável subsidiária pelos débitos trabalhistas dos empregados da empresa prestadora”.
 
E completou: “A empresa tomadora deve fiscalizar o cumprimento das obrigações trabalhistas da empresa escolhida, e o desdobramento da responsabilidade civil quanto às relações do trabalho, através da culpa in eligendo ein vigilando".
 
O relator concluiu que a segunda ré, não tendo observado os seus deveres de fiscalização e de escolha, “poderá vir a ser responsável em execução, devendo a sua responsabilidade abranger todos os direitos (...), sendo que a responsabilidade subsidiária abrange todas as verbas postas na condenação".
 
Diante do exposto, os magistrados da 12ª Turma do TRT da 2ª fixaram que a responsabilidade da segunda reclamada é subsidiária.

O acórdão 20100941510 foi publicado no dia 1º de outubro de 2010.

Tribunal Regional do Trabalho 2ª Região.
 
Prevencionista, se você gostou, seja um seguidor e compartilhe com seus amigos e um dia verá que essa sua atitude fez parte da sua história”.

26 de setembro de 2013

EXISTE BOM SENSO NO SINDICATO !


Penso que os atuais lideres da classe prevencionistas, principalmente a do Estado do Rio de Janeiro, não possuem a menor noção do que seja bom senso e o que está ocorrendo com a classe dos Técnicos em Segurança do Trabalho.

Penso também que não sabem o que é liderança, nem se fosse mordido por ela, mesmo assim, por uma daquelas inexplicáveis ironias do destino (nunca presenciei nenhum deles lutando em prol dos TST), ganham cada vez mais espaço junto à classe dos profissionais Técnicos em Segurança do Trabalho que completamente sem noção da realidade, por comodidade e/ou desconhecimento dos prejuízos futuros para profissão, deixam passar impune a lerdeza da diretoria  do nosso sindicato.

A liderança representa a sua capacidade de influenciar pessoas a agir. É nisso Jesus era imbatível. Ninguém pode negar que esse homem exerceu uma grande influencia no planeta.

Não é um ponto de vista religioso não, é um fato, se ele tinha tanta influencia, nós devemos prestar atenção no que ele tinha a dizer:

As pessoas devem seguir você de livre e espontânea vontade. Isso significa exercer a liderança por meio da autoridade, e não do poder como vem agindo nossos atuais dirigentes sindicais que nada fazem pela classe dos Técnicos em Segurança do Trabalho.

Eles querem o poder e nem passa por seus pensamentos lutar pelo direito e bem estar da classe Prevencionistas brasileira.

O pior, o que me revolta é ver uma classe com mais de 200 mil profissionais ganhando salários ridículos, se sujeitando a trabalhos em péssimas  condições e ainda dão força para essa gente  se reeleger.  “O que pode estar por de traz disso, a  satisfação pessoal e financeira?”.

Vamos à luta para valorizar a profissão,  melhorar os salários, e dessa  forma, levar melhores condições para a nossa família.

Não seja uma vítima na sua vida, aprenda que os seus problemas não podem ser revolvidos por outras pessoas, entenda uma vez por toda  que quem escreve a sua história é você.

Aprenda a ser o autor da sua vida e não deixar que dirigentes sindicais roubem de vocês a oportunidade de ascensão pessoal e profissional.

Marcio Santiago Vaitsman
 
“Prevencionista, se você gostou, seja um seguidor e compartilhe com seus amigos e um dia verá que essa sua atitude fez parte da sua história”.

24 de setembro de 2013

Prevencionistas!


Se vocês são pessoas inovadoras, criativas e leitores desse blog, sejam também seguidores.
 
Dessa forma, vocês estarão  protegendo e valorizando a classe dos Técnicos em Segurança do Trabalho.
 
Confiem em suas escolhas, não basta ler o blog, sejam seguidores - Participem!
Saudações Prevencionistas.
Marcio Santiago Vaitsman

VOCÊ SABE O QUE É VIBRAÇÃO? - DDS.


Vibração é qualquer movimento que o corpo executa em torno de um ponto fixo, podendo ser regular, do tipo senoidal ou irregular, quando não segue nenhum movimento determinado, como no sacolejar de um carro andando em uma estrada de terra.
 
Um corpo é dito em vibração quando ele descreve um movimento oscilatório em torno de um ponto de referência. O número de vezes de um ciclo completo de um movimento durante um período de um segundo é chamado de frequência e é medido em Hertz [Hz].
 
AS VIBRAÇÕES PODEM SER:
 
VIBRAÇÕES DE CORPO INTEIRO – são vibrações transmitidas ao corpo com o indivíduo sentado, em pé ou deitado.
 
Normalmente ocorrem em trabalho com máquinas pesadas tratores, caminhões, ônibus, aeronaves, máquinas de terraplanagem, grandes compressores e máquinas industriais.
 
VIBRAÇÕES LOCALIZADAS – são vibrações que atingem certas regiões do corpo, principalmente as mãos, braços e ombros.
 
Normalmente ocorrem em operações com ferramentas manuais vibratórias: marteletes, britadores, rebitadeiras, compactadores, politrizes, motosserras, lixadeiras, peneiras vibratórias e furadeira.
 
EFEITOS DA VIBRAÇÃO NO HOMEM: Os efeitos da vibração dependem, entre outros aspectos das frequências que compõem a vibração.
 
As baixas frequências são as mais prejudiciais para o corpo humano, vão de 1 até 80-100 hz.
 
Já acima de 100 Hz, as partes do corpo absorvem a vibração, não ocorrendo ressonância.
 
Os principais efeitos à exposição à vibração no sistema mão-braço podem ser de ordem vascular, neurológica, ósteaarticular e muscular, ocorrendo formigamento ou adormecimento leve e intermitente, ou ambos.
 
Pode aparecer no trabalhador branqueamento da ponta dos dedos e com a continuidade do trabalho o mesmo se estende à base do dedo, ocasionando necrose grave.

 
“Prevencionista, se você gostou, seja um seguidor e compartilhe com seus amigos e um dia verá que essa sua atitude fez parte da sua história”.

23 de setembro de 2013

Os transtornos mentais mais frequentes no trabalho.


Mudanças de humor, os transtornos neuróticos e o uso de substâncias psicoativas, como o álcool e drogas, são, hoje, os principais transtornos mentais que causam incapacidade para o trabalho no Brasil.
 
As informações são do professor do Setor de Saúde Mental e Psiquiatria do Trabalho do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Duílio Antero de Camargo.
 
Ele foi um dos palestrantes do Painel 3 do II Seminário Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, realizado pelo Tribunal Superior do Trabalho. Presidiu a mesa a ministra do TST, Maria de Assis Calsing.
 
O palestrante explicou que os trabalhadores acometidos de transtornos do humor sofrem especialmente de problemas depressivos. Já os transtornos neuróticos, se referem a síndromes como a do pânico e ao estresse pós-traumático.
 
Este último caso, segundo o professor, ocorre principalmente quando um trabalhador foi submetido, no ambiente de trabalho, a violência ou risco de morte. "Nessas situações, vem recorrentemente à cabeça do empregado a cena do ato de violência sofrido. Se essa situação não for bem tratada pela empresa, com a oferta de acompanhamento psicológico, o caso pode se agravar", explicou.
 
Outro ponto relevante apresentado na palestra foi o uso cada vez mais frequente de substâncias psicoativas por trabalhadores, a exemplo do álcool e de drogas como a cocaína. "O panorama tem mudado nos últimos anos. Infelizmente, o que temos visto crescer nessa estatística é a associação do álcool com a cocaína", afirmou Duílio de Camargo.
 
Durante toda a palestra, o professor defendeu a adoção de políticas efetivas em prol da saúde mental no ambiente laboral, sustentando que tais ações não sejam apenas pontuais, mas implementadas num caráter mais global, de forma articulada com a sociedade.
 
No ambiente de trabalho, segundo ele, tais políticas devem começar por uma avaliação criteriosa dos setores que necessitam de intervenção, identificando os principais problemas e coletando indicadores dos fatores de grupos de risco.
 
"A partir deste ponto, é importante que seja feito um bom diagnóstico, com entrevistas individuais e testes psicológicos junto aos empregados, além de campanhas educativas e informativas", finalizou o palestrante.
 
Tribunal Superior do Trabalho.
 
 
“Prevencionista, se você gostou, seja um seguidor e compartilhe com seus amigos e um dia verá que essa sua atitude fez parte da sua história”.

22 de setembro de 2013

Como conseguir um emprego – Curso Linkedin


Todos os dias milhões de pessoas procuram empregos. Currículos são enviados para empresas e sites de RH, mas neste mar de currículos apenas alguns conseguem o emprego desejado.
 
Os motivos são vários, como: despreparo na hora de fazer o currículo ou até uma postura errada na entrevista de emprego. São tantos erros que as pessoas cometem ao procurar um emprego, que foi criado este material, com o intuito de ajudá-las!
 
Muitas vezes, a grande diferença na hora de preencher uma vaga de emprego é pequenos detalhes, como um a voz baixa ou simplesmente a falta de bom senso. Problemas que podem ser resolvidos e solucionados; e que irão te dar a oportunidade de arrumar um trabalho ou mesmo concretizar o sonho de seguir a carreira dos seus sonhos.
 
Neste universo de pessoas desempregadas, você pode fazer diferença, pode se destacar, ser a primeira escolha! Mas como isso é possível? Isso é exatamente o que você vai aprender neste material. Vai entender como ser valorizado pelas empresas, afinal o que você pode oferecer que elas já não têm? Porque você é a pessoa que elas precisam? Qual é esse diferencial? Porque algumas pessoas são escolhidas, conseguem um emprego, ganham bem e são promovidas, e você não? O que elas têm de especiais?
 
Quantas vezes você se perguntou no seu próprio emprego: "O que esta pessoa faz que eu não faça? Porque ele ganha mais do que eu? Eu faço tudo que me pediram, mas mesmo assim o meu chefe não reconhe o meu trabalho!" Isso tudo tem um motivo, afinal as pessoas são diferentes uma das outras, e a grande diferença entre elas, não é o conhecimento ou sua capacidade de chegar no horário e fazer o que foi pedido.
 
O mercado, hoje, pede muito mais do que isso! E é isso que você vai aprender, pois este material é importante para aqueles que não tem emprego e também para os que querem mudar para um emprego melhor! Um programa para mudar o seu comportamento como empregado e conseguintemente mudar a sua vida.
 
Não seja uma vítima na sua vida, aprenda que os seus problemas não podem ser revolvidos por outras pessoas, a culpa não é da sua empresa ou do seu chefe. E se você trabalha em um lugar que não te valoriza, mesmo que você faça diferença, então você deveria ser dono da sua vida e deveria pedir demissão, para encontrar um lugar melhor para passar o seu precioso tempo. Entenda que quem escreve a sua história é você, aprenda a ser o autor da sua vida.
 
O tempo é um limitador natural, por isso você não pode perder tempo em um emprego que não vai te levar a lugar nenhum!
 
O mercado de trabalho não precisa de pessoas para trabalhar, precisa de pessoas proativas, pessoas que façam diferença. E este erro é cometido pela grande maioria, que não sabe ao certo o que (e como) oferecer ao empregador, que não procura alguém para preencher a vaga, mas alguém que vai gerar mais dinheiro para empresa do que o salário recebido. Por isso, tente sempre se imaginar como o dono da empresa, afinal quanto você pagaria para alguém trabalhar para você? Você já se fez esta pergunta? Se você quer ganhar um salário alto, você será capaz de oferecer um resultado que pague este valor e ainda dê lucro positivo para a empresa? Esta é uma das perguntas descritas neste curso, que devemos fazer toda vez que estamos a procura de uma oportunidade.
 
Você vai aprender a ser uma pessoa que é capaz de fazer diferença em uma empresa, que vai gerar lucro, pois é isso que o empresário procura. Uma pessoa que tem como foco principal gerar resultados!Esqueça tudo que te falaram, este curso é diferente de tudo e vai abrir a sua cabeça. Vai te ensinar que o mundo mudou, que o que você traz de retorno financeiro é o que faz a diferença. E não importa a profissão, se você é encanador, advogado, eletricista, corretor ou psicólogo. As necessidades do mercado são as mesmas, porém as pessoas não conseguem preencher esta lacuna, esta vaga de emprego!
 
Antes de qualquer coisa, você já se perguntou o que quer da sua vida? Esta é a principal pergunta que deve ser feita, antes de mais nada, por todas as pessoas. A vida precisa de objetivo, de planejamento, pois quando você não tem um norte, um rumo, você vai parar em qualquer lugar.
 
Quem segue o caminho do rio, acaba caindo em uma cachoeira! Você não pode ser aquele que faz o que todo mundo faz, aquele que qualquer coisa serve, você tem que fazer diferença no mundo, pois só assim você irá se sentir realizado, a sua vida terá um sentido. Exatamente, quando você tem um objetivo na vida, tudo parece dar certo, até mesmo a sua saúde, pois a sua autoestima cresce e então você se sente feliz.
 
Quando não temos metas, um objetivo, parece que tudo acontece de errado a nossa volta. A autoestima cai, o peso aumenta, a saúde piora e você se torna alguém indesejado, pois ninguém aguenta ficar do seu lado. Ficamos negativos e depois entramos em uma depressão profunda.
 
Não faça parte deste time de perdedores, faça da sua vida um exemplo a ser seguido, para que seus pais e filhos tenham orgulho de você. Afinal, não importa o quanto você estudou ou o que você fez, mas a sua força de vontade (direcionada) que faz toda diferença no mercado de trabalho, só assim tudo muda ao seu redor. O seu salário começa a aumentar, surgem oportunidades de todos os lados e tudo dá certo! A autoestima elevada muda o mundo a sua volta e o crescimento é infinito; e é assim como você vai se sentir ao terminar este curso! Renovado!
 
Todos temos que ter sonhos e é exatamente isso que nos diferencia dos animais. A capacidade de criar, imaginar e sermos criativos! Os sonhos movem o mundo, criam novas tecnologias e facilitam a nossa vida. Porém a vida é uma dualidade, formada por razão e emoção, o sonho passei por estes dois universos, da razão e da emoção.
 
A primeira é o que chamamos de realidade, é a parte chata da vida, mas também é importante, é a busca por estabilidade e é esta cobrança interna que nos faz lembrar diariamente, que se não trabalharmos todos os dias vamos morrer de fome.
 
A razão (realidade) é um mal necessário, um sentimento irracional, que nos lembra de colocar os nossos pés no chão e nos livram de enrascadas e perigos.
 
O que é mais importante, a razão ou a emoção? OS DOIS! Ter estes dois elementos na sua vida em uma proporção perfeita (50/50) é o que existe de mais difícil no mundo, quase ninguém conseguiu, mas temos sempre que buscar este ideal e saber usar cada um deles no momento certo.
 
A emoção vai te dar ambição, vai te ajudar a mostrar que você na verdade é capaz de tudo, mas a razão vai tentar limitar a sua vida, vai sussurrar no seu ouvido "não é bem assim". No fundo as duas estão certas e está erradas ao mesmo tempo, afinal, você deve sonhar grande, mas também deve correr risco calculados para não quebrar a cara. Por isso, sempre tenha a cabeça na lua e os pés no chão, seja ambicioso, só não tente abraçar o mundo sozinho.
 
Com estas duas habilidades em harmonia, você terá a vida que sempre sonhou. Terá uma alto estima enorme e será humilde ao mesmo tempo. Terá o emprego dos sonhos, mas jamais irá esquecer que foi um estagiário um dia na vida. Será um grande empresário, mas irá valorizar todos os seus funcionários.
 
Isso parece um assunto que foge da proposta de conseguir um emprego, mas não, pois quando alguém não consegue um emprego, isso acontece, na grande maioria das vezes, porque ela ainda não sabe o que quer da vida. Ainda sonha demais ou é realista demais! Quando você realmente sabe o que quer da vida, fica mais fácil para encontrar o que você vai fazer, em qual empresa vai trabalhar.
 
Este curso abrange todo o processo, da busca por um emprego até como agir no novo trabalho. Um emprego é muito mais do que um salário, mas o que te define, como o mundo te vê, um sentido para a sua vida. Por isso, aqui você vai primeiro aprender a definir as suas escolhas, entender o que te faz sonhar e o que te faz mover. A vida é feita de escolhas e você terá nas suas mãos como escolher melhor elas, que vão definir o seu futuro!
 
 
Transcrito do site:  Linkedim. com empregos.
“Prevencionista, se você gostou, seja um seguidor e compartilhe com seus amigos e um dia verá que essa sua atitude fez parte da sua história”.