Uma mensagem a todos os membros de SEGURANÇA DO TRABALHO.

PARECE QUE A DITADURA INSISTE EM SE MANTER SOMENTE PORQUE A SST NO BRASIL INCIOU NO GOVERNO MILITAR... MAS O MILITARISMO NÃO ACABOU?”

Incrível que a diretoria da FENATEST queira se eternizar pela INGERÊNCIA e pelo AUTORITARISMO precisamos levar nossa INSATISFAÇÃO até os órgãos competentes! Inclusive acionar o Poder Judiciário para que o PROCESSO ELEITORAL seja mais transparente e ao alcance de todos os interessados em participar ! Inclusive como candidatos, nada de Diretorias prontas "enfiadas" garganta abaixo da categoria profissional !!! Não obstante devemos todos nos mobilizar para poder fazer que a FENATEST seja de fato um órgão a serviço dos TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO !!!



- VOCÊ VAI FICAR CALADO DIANTE DISSO TUDO! No mínimo, se indigne e PROTESTE contra os diretores da FENATEST! Use a vontade esse espaço para protestar!

Ler de baixo para cima

O senhor Milton, da FENATEST, tenta explicar, mas Não consegue, e confirma as declarações do Adir de Souza.

Que cara de pau, não escrevi nada diferente do que o senhor Milton escreveu, (abaixo) todos os cargos importantes no mesmo grupo que há 18 anos, manda numa entidade que é nossa de todos os Técnicos de Segurança do Trabalho do Brasil e só o Armando de Vice ficaria uma rainha da Inglaterra, e carregador de piano. Ser vice, sozinho, neste meio não representa nada, eu nunca vi nem nome de rua é de vice.

Acredito serem os maus ventos de Brasília que, pensam que estão assumindo cargo em algum órgão público, onde que está escrito que os cargos de um Presidente de Sindicato têm que ser de confiança do Presidente, meu Deus, como pode deixar alguém escrever uma bobagem desta. O critério tem que ser competência, de alguém que tenha capacidade de fazer o que a FENATEST nunca realizou, como ter esta entidade aberta aos Técnicos de Segurança do Brasil.

Que tenha capacidade de fazer negociação com sindicatos patronais, piso salarial, CCT convenção coletiva de trabalho.

Que tenha capacidade de dar apoio e auxilio na gestão dos sindicatos nos Estado, na ação política dos interesses de nossa categoria.

Os cargos em uma Federação, Sindicato, devem ser de quem trabalha, e tem representatividade da categoria e compromisso com a categoria, que trabalhe de verdade com o Sindicato de portas abertas atendendo a categoria.

E quando o senhor Milton afirma, "que nosso sindicato do Paraná não tem colaborado com a FENATEST", e não explica que tipo de colaboração, e vou explicar você só pode colaborar, com alguma entidade que faça alguma coisa, e deve estar querendo dizer, que não somos coniventes, com a falta ação política em defesa de nossa categoria, com a falta de eventos com a falta, cursos, seminários, passeata.

E se o suposto critério para compor a chapa é a Confiança, o companheiro Armando também tem direito de ter uma pessoa de confiança, onde está escrito que só senhor Elias, tem esta prerrogativa.

E falo pelo Estado de São Paulo, se usarmos o critério de Representativide, o comando para a composição da chapa deve ser de São Paulo, que é o Estado que tem o maior número de Técnicos de Segurança atuando com carteira assinada, até por respeito aos Técnicos deste Estado e mais, 70 % do que a FENATEST arrecada da contribuição sindical os 15% de um dia de Trabalho é do Estado de São Paulo, sem dar nada em troca, são 18 Mil Técnicos.

E quando o senhor Milton afirma que “o que está sendo passado na rede é para estimular uma desunião da categoria em geral, isto é chamado de pratica de guerrilha”

Na verdade os que querem é fazer as coisas escondidas, como sempre fizeram desde 1992, sem o conhecimento da categoria, acreditando no silêncio da categoria, agindo na calada da noite, como se tivessem o direito de não dar, satisfação a nossa gloriosa categoria, e, os e-mails que tenho recebido. Brasil escreve Chega de Omissão

E não adianta querer satanizar, desqualificar quem não é conivente, usando a palavra Guerrilha, atitude infantil de direita atrasada, achando que os Técnicos de seguranças são despolitizados e ficam com medo, estão totalmente enganados.

O que não querem e dar conhecimentos de suas atitudes a categoria, não sabem o valor da palavra, democracia e transparência,

E notem colegas que a entidade não tem um meio de comunicação com a categoria, para a direção da FENATEST, pagina na internet, usar redes sociais, para informar os Técnicos ouvir a categoria a FENATEST não tem nada, mas para votar na eleição da revista CIPA, ficam a tentos a FENATEST vota, mas ajudar um Técnico a arrumar um emprego, criar uma bolsa de empregos, eles não tem tempo.

E informo aos nobres colegas que este documento abaixo do senhor Milton foi enviado pelo companheiro Alfredo do Rio Grade do Norte, se acham acima de tudo e de todos,

Falta equilíbrio e maturidade para sentar e conversar, com respeito aos sindicatos e respeitando a categoria, ouvindo, sem querer atropelar, sem ser prepotente e arrogante e pensar no melhor para nossa categoria.

Vocês usaram o que falei em meu discurso, que quero ter orgulho da FENATEST?

Pois hoje tenho vergonha, da inatividade, e quero mudar este quadro, e este é ao anseio da categoria em todo o Brasil, que esta entidade faça seu papel,

Falta identidade, junto às autoridades e entre os atores sociais como podem notar abaixo, nem os e-mails, que usam são personalizados,

E se quiserem se manifestar abaixo os e-mails dos diretores da FENSTEST

Adir de Souza

milton@cntc. com.br

augusto@cntc. com.br

presidenciafenatest @yahoo.com. br

Comentários

Postagens mais visitadas

O USO DO LEITE COMO DESINTOXICANTE NAS INDÚSTRIAS – DDS.

Fábula da xícara cheia – DDS de reflexão.

QUANTO CUSTA UM ACIDENTE? – DDS