Somos membro de equipe multidisciplinar de segurança do trabalho com vasta experiência em projetos de gestão na área da Prevenção de Acidentes, possuímos portfólio completo visando assessorar sua empresa na tomada de decisões relacionadas a SMS.
Desenvolvemos projeto de Segurança e Prevenção, acompanhamos o andamento dos trabalhos e realizamos treinamentos.
Contato:
marciovaitsman@yahoo.com.br - marciovaitsman@gmail.com - http://twitter.com/SMSeg
PEDOFILIA, DENUNCIE. DISQUE 100

21 de janeiro de 2015

A N O S O G N O S I A - DDS. Repasse isso para sua equipe.


Que alívio ter conhecimento disto! Se você anda preocupado por que:
 
1 - Não se recorda dos nomes próprios;
 
2 - Não se recorda onde deixou alguma coisa;
 
3 - Quando estou conversando e tenho que interromper o pensamento por ser interrompido, tenho dificuldades de continuar com a conversa no ponto em que a tinha deixado; Enfim, creio que começava a pensar que tinha um inimigo dentro da minha cabeça, cujo nome começa por Alz...
 
Hoje li um artigo que me deixou bem mais tranquilo, por isso passo a transcrever a parte mais interessante:" Se tu tens consciência dos teu problemas de memória, então é porque ainda não tens problemas".
 
Existe um termo médico que se chama ANOSOGNOSIA, que é a situação em que não se recorda temporariamente de alguma coisa.
 
Metade dos maiores de 50 anos apresentam algumas falhas deste tipo, mas é mais um fato relacionado com a idade do que com a doença.
 
Queixar-se de falhas de memória é uma situação muito comum em pessoas com 50 ou mais anos de idade.
 
Traduz-se por não recordar um nome próprio, entrar numa divisão da casa e esquecer-se do que se ia fazer lá ou buscar, esquecer o título de um filme, ator, canção, não se lembrar de onde deixou os óculos, etc. etc.
 
Muitas pessoas preocupam-se, muitas vezes em excesso, por este tipo de esquecimento.
 
Daí uma informação importante:
 
"Quem tem consciência de ter este tipo de esquecimento, é todo aquele que não tem problemas sério de memória.
 
Todos aqueles que padecem de doença de memória, com o inevitável fantasma de Alzheimer, são todos aqueles que não têm registro do que efetivamente se passa.
 
B. Dubois, professor de neurologia de CHU Pitié-Salpêtrière, encontrou uma engraçada, mas didática explicação, válida para a maioria dos casos de pessoas que estão preocupadas com os seus esquecimentos:
 
"Quanto mais se queixam dos seus problemas de memória, menos possibilidades têm de sofrer de uma doença de memória".
 
Este documento é dedicado a todos os esquecidos que me recordo.
 
 
"Prevencionista, se você gostou, seja um seguidor e compartilhe com seus amigos e um dia verá que essa sua atitude fez parte da sua história”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As informações disponibilizadas nesse Blog são de caráter genérico e sua utilização é de responsabilidade exclusiva de cada leitor.